X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
X

Assinatura de Newsletter

RDSINFOR - RDS Informática em Porto Seguro, Eunápolis Bahia

Dicas para criar cursos EAD multi-plataforma

À medida que a tecnologia evoluiu, o setor educacional evoluiu com ele. Mas como você pode se preparar para criar um curso de EAD que suporta essas plataformas?

Por Ronaldo Silva dia em BLOG

Dicas para criar cursos EAD multi-plataforma
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

À medida que a tecnologia evoluiu, o setor educacional evoluiu com ele. Telefones celulares, tablets, smartwatches e laptops agora estão fornecendo aos alunos acesso instantâneo a materiais de aprendizagem on-line.

Transforme seu curso de aprendizagem movel uma experiência tática.

Um dos benefícios mais notáveis ​​de usar um tablet ou smartphone para acessar o EAD é a interatividade. Enquanto a maioria dos cursos de EAD dependem de um formato de ponto e clique, os cursos de aprendizado móvel podem oferecer uma experiência EAD imersiva e totalmente tátil.

Há uma ressalva disso, no entanto. Os elementos de "toque" dentro do curso de aprendizagem eletrônica devem ser do tamanho certo, pois os aprendentes precisam poder tocar neles ao usar uma variedade de dispositivos móveis diferentes. Por exemplo, botões que estão muito próximos ou pequenos demais podem ser "intocáveis" para alunos em telas menores.

Você também pode considerar a integração de movimentos de deslocamento para o seu design do curso de eLearning para aproveitar ao máximo as capacidades do dispositivo.

Pesquise seu público para estabelecer requisitos mínimos.

Embora a pesquisa dos antecedentes educacionais e dos níveis de experiência do seu público seja essencial, a criação de cursos multi-plataforma de EAD também exige as estatísticas de uso do dispositivo. 

Que dispositivos móveis seus aprendentes estão usando para acessar o curso de EAD? A resposta a esta pergunta irá ajudá-lo a determinar seus requisitos mínimos de design EAD. Se a maioria dos seus alunos estiver usando telefones ou tablets mais avançados, você não terá que se preocupar em projetar modelos mais antigos. É melhor selecionar um intervalo em que o seu fornecimento entrará. Por exemplo, você pode optar por desenvolver cursos de aprendizado móvel que sejam direcionados aos alunos do iPhone 6 e do Android 5.0 etc... Então você não precisará gastar seus recursos tentando desenvolver cursos de EAD multi-plataforma para cada dispositivo.

Opte pela legibilidade sobre a criatividade ao escolher fontes.

Se você tem em vista em uma fonte elegante e que você acha que aumentará o apelo visual do seu curso de EAD, certifique-se de que ele é completamente legível antes de adicioná-lo ao seu  layout de design EAD. Tenha em mente que seus alunos estarão acessando o curso EAD em tamanhos de tela menores, o que significa que eles precisam de legibilidade sobre a criatividade quando se trata de fontes. Use fontes maiores, se possível, e opte por mais fontes "tradicionais" e siga a resolução / regra de texto: menor resolução requer texto maior.

Use uma ferramenta de criação de EAD responsiva. 

Quando seus aprendentes móveis acessam o curso EAD, seus elementos, como menu, caixas de texto, etc., se ajustam para oferecer a melhor experiência de EAD possível. Independentemente de o seu aluno estar em um iPhone ou em um tablet, eles poderão interagir e se envolver com o conteúdo e atividades do eLearning.

Concentre-se na facilidade de navegação. 

Há poucas coisas mais frustrantes do que acessar um curso de aprendizado móvel, apenas para descobrir que você não pode usar os ícones de navegação  para clicar na próxima página  ou atividade. Faça ícones de navegação amplos e claramente visíveis, e evite usar hiperlinks para recursos on-line suplementares. Os alunos do Tablet ou do telemóvel podem achar difícil clicar em pequenos links de texto para acessar artigos úteis, vídeos de EAD e conteúdo externo do EAD.

Você precisa acompanhar os dispositivos que seus alunos estão usando e como eles estão interagindo com o conteúdo do EAD. Isso lhe dá a oportunidade de afinar sua estratégia de EAD com base nas preferências do dispositivo e nas necessidades de aprendizagem do seu público. 

Por exemplo, se suas análises revelarem que muitos de seus alunos estão usando um sistema operacional mais antigo, você pode adaptar seu curso de EAD para esse sistema. Você também pode identificar pontos fracos em sua estratégia de EAD, como elementos interativos que não são fáceis de navegar em telas menores. Além dos dados do usuário, obtenha feedback de seus alunos através de pesquisas e pesquisas para determinar o que está funcionando e o que precisa ser modificado.

Os cursos de EAD multi-plataforma oferecem a todos os membros do seu público um acesso conveniente, independentemente da sua tecnologia de escolha. Use estas dicas para transformar seu curso de EAD em uma experiência de aprendizagem móvel interativa e amigável. ;)

Caso precisar de alguma ajuda estamos aqui para ajudar! ;)

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deixe seu comentário aqui: